Pontas Duplas cabelos, como eliminar

Tratamento para pontas duplas e cuidados.

Especialista explica técnica que elimina pontas duplas sem alterar o comprimento do cabelo.

A tricologista Viviane Coutinho explicou sobre o corte, que vem ganhando destaque nos salões brasileiros.

Cortar o cabelo pode ser uma tarefa difícil, especialmente para quem gosta de fios longos e/ou cheios de volume. Porém, em algumas situações, especialmente após processos químicos que os danificam, é necessário realizar mudanças, a fim de tratar o comprimento da melhor maneira possível. 

A tricologista e membro-docente da Academia Brasileira de Tricologia, Viviane Coutinho, conta que hoje em dia, já não é necessário mudar o tamanho das madeixas, a partir da técnica de corte bordado.

Como eliminar as pontas duplas?

“O corte bordado, também conhecido como corte terapêutico, é um tipo de tratamento para o cabelo que retira as pontas tanto das extremidades quanto da parte interna, sem interferir no comprimento ou no formato dos fios. Neste procedimento, o cabelo é separado em mechas e, por meio de um trabalho minucioso, o profissional especializado e treinado retira as pontas danificadas com uma tesoura fina, afiada a laser.

A profissional explica como é feito o tratamento. 

Ele pode ser feito à tesoura ou na máquina. Porém Coutinho, indica que o corte manual. 

"Na técnica, mecha por mecha do cabelo é esticada, presa entre dois dedos em forma de pinça. O procedimento começa nos fios da nuca, enquanto o restante deve ficar preso, sendo solto aos poucos, uma mecha por vez. Então, os dedos do profissional deslizam da raiz até a ponta. Quando as pontas duplas e ressecadas saltam, elas são cortadas uma a uma. Em um segundo momento, para ter certeza que nenhuma ponta dupla ou ressecada ficou de fora do corte, todo esse processo é repetido, com uma pequena mudança: ao invés de pinçar as mechas entre os dedos, o profissional vai torcê-las da raiz à ponta", explica. 

Segundo Viviane, além de retirar todas as pontas duplas sem mexer no comprimento dos fios, a técnica tem outros benefícios, como acabar com o frizz e pontas ressecadas, dar leveza e movimento natural, deixar os cachos mais definidos, aumentar o brilho e melhorar a textura.

Coutinho explica que, apesar de não haver restrições para o corte, é necessário buscar um profissional que entenda do método, além da manutenção a partir de tratamentos específicos: 

“É indicado realizar hidratações semanalmente, o que já é fundamental para a saúde dos fios”. 

A especialista finaliza afirmando que o corte é ideal para quem realiza procedimentos que necessitem de fontes de calor, como secador e chapinha. 

Tricologista Viviane Coutinho


“É uma ótima alternativa para quem deseja se livrar do ressecamento a partir de procedimentos químicos como coloração, progressivas ou para quem tem o hábito de escovar o cabelo de forma excessiva. Para quem tem fios cacheados, é necessário escová-los previamente para que, ao final do tratamento, a cliente obtenha definição e cachos saudáveis”. 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem