Cabelo na Gravidez, posso pintar?

Pode pintar o cabelo na gravidez? Especialista fala sobre os cuidados para o uso de tintura capilar na gravidez.

A tricologista Viviane Coutinho explica até que ponto é seguro ou não a modificação do tom dos fios.

Durante a gestação, há uma série de cuidados que as futuras mamães devem ter, de modo a não afetar a saúde do bebê em formação, desde a alimentação à suspensão do uso de determinados produtos para os cabelos. Uma pergunta comum é: grávidas podem tingir os fios? Este é assunto é polêmico e controverso, até mesmo entre os especialistas.

"Infelizmente não temos uma resposta embasada, ou seja, não existem evidências científicas suficientes de segurança", pontua a tricologista Viviane Coutinho e membro-docente da ABT( Associação Brasileira de Tricologia).

A profissional afirma que, caso seu médico autorize o uso da tintura, é preciso seguir algumas recomendações para uma maior segurança.

“A maioria das tintas para cabelo contém materiais que são nocivos à saúde da mãe e do feto. Por isso é importante escolher opções sem amônia ou à base d’água”.  

O mais seguro, segundo Viviane, é pintar o cabelo após os primeiros 3 meses de gravidez porque durante o primeiro trimestre todos os órgãos e músculos do bebê estão começando a se formar. Logo, o uso de qualquer tipo de química, mesmo que em contato com a pele, deve ser evitado. 

“Há estudos que falam sobre o fato da quantidade de químicas não ser suficiente para afetar a saúde do bebê, porém, mesmo assim, é importante consultar o obstetra que acompanha a gestação, para saber qual o melhor procedimento a ser adotado ou não”, enfatiza a profissional. 

Recomendação na hora de pintar os fios de cabelo na gravidez:

"Pinte o cabelo em um local bem ventilado, use luvas para aplicar a tintura no cabelo; deixe a tintura no cabelo durante o tempo mínimo indicado, não a deixando no cabelo mais do que o tempo recomendado; lave o couro cabeludo completamente após pintar o cabelo; Evite o contato da tintura com a pele e couro cabeludo".

Coutinho adianta que a melhor opção para pintar o cabelo, nesses casos, é usar tinturas de cor suave, pois as cores mais vivas geralmente possuem um maior número. Uma alternativa às tintas mais vivas é o uso de tinturas naturais, como a Hena ou a 100% vegetal, por exemplo, que não contêm substâncias químicas. 

Importante: "Nunca use nenhuma química nos fios sem a autorização do seu médico. Lembre-se que o mais importante é a sua saúde e a do seu bebê", finaliza. 

Tricologista Viviane Coutinho

Nessa matéria informamos sobre: o que acontece se pintar o cabelo na gravidez, quando a grávida poderá pintar o cabelo a partir de quantos meses. Lembre-se: siga sempre a recomendação do seu médico.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem